Beleza & Saúde: Sabonete Íntimo

Atenção meu querido leitor, peço-lhe licença, mas o post de hoje é literalmente um ‘papo calcinha’. Sim, vamos falar sobre a higiene íntima da mulher. Então, a menos que você seja um curioso, ou tenha alguma mulher em sua vida que você ache que vale a pena compartilhar o conteúdo, sugiro que você volte semana que vem, que terá conteúdo pra você também! Enquanto isso meninas, vamos ao que interessa. Já faz tempo que estou enrolando de trazer esse tema para o blog, e sinceramente por pura vergonha, mas depois de tudo que aconteceu em GV City, como falei nesse post aqui, abalou muito minha rotina, necessidades e principalmente à vaidade. Bora conversar?

saboneteintimo

Eu sou uma pessoa que há 2 duas semanas atrás usava até 6 produtos diferentes no banho apenas no corpo, sem contar os produtos de cabelo (shampoo, etc…), de repente me vi tomando banho de baldinho e dando graças a Deus por poder me refrescar. Mas o desespero já passou, e estamos a distribuição de água praticamente normalizada e tentando voltar a nossa rotina. Ou seja, voltei a ter pelo menos um tempinho de usar meu sabonete íntimo 🙂 . E ai eu te pergunto: como cuida da sua higiene íntima?

Já faz um bom tempo que eu faço uso desse tipo de produto,  inclusive já experimentei diversas marcas, e sinceramente gosto muito. Não só pelos benefícios em si, mas por uma questão de ‘neura’ mesmo, acho que tem que ter sabonete para cada parte. Se no rosto eu tenho que usar um caríssimo que a dermatologista passou, porque na região íntima vou usar um qualquer de corpo também? É uma região delicada, que merece cuidados especiais. Maaaas, pesquisando hoje sobre o tema, descobri que há um certo exagero hoje por conta da ‘indústria’ de cosméticos, e que nem precisamos de tanta coisa assim. E por isso mesmo resolvi listrar os 3 produtos que existem (que eu já ouvi falar pelo menos!) e falar sobre cada para esclarecer:higieneintima

  • Sabonete íntimo:  eu uso e é recomendado para higiene íntima pois mantém o ph natural da vagina, coisa que se usarmos um sabonete comum não acontece e pode nos deixar desprotegidas de infecções. Na falta de um sabonete específico um neutro ou infantil é o suficiente também. E de preferência usar apenas 1 vez ao dia.
  • Lenço umidecido: nunca usei e pelo que li nem é o recomendável para a higiene íntima. É apenas uma opção para emergências, para uso eventual e não é aconselhado o uso contínuo. Acho que a ideia é usar em uma situação como uma consulta médica que não dá pra tomar banho, quando está menstruada, etc.
  • Desodorante íntimo (aerosol): esse é mais um que não usei mas que na minha pesquisa descobri que é totalmente dispensável. É apenas mais uma opção para se sentir mais limpa e cuidada. Até porque ele tem uma tecnologia que se chama ‘odor block’, que é justamente bloquear o cheiro da vagina, o que não quer dizer que vai deixar cheirosa, e sim sem cheiro. Ainda pretendo comprar para usar em uma emergência, ou em dias que já sabemos que vão ser longos e sem banhos. Porque né… ninguém é de ferro 😉 .

Outra coisa que achei interessante na minha pesquisa foi a origem desses produtos: o sabonete íntimo foi inspirado em duchas vaginas, que no passado era um hábito lavar a vagina com água misturada com limão ou vinagre, com a ideia é claro, de preservar o ph natural da mulher. Bacana né?

Frase cuidado

Resumindo a ópera, eu acho que devemos sim nos cuidar, mas sem neuras ou exageros. Pensar primeiro no quesito saúde, e depois na vaidade. Eu até pensei em falar de algumas marcas, mas achei melhor não estender o assunto e pra não ficar com cara de publipost. Espero que tenham gostado do post, e se tiverem algo a acrescentar, por favor me contem nos comentários ou nas redes sociais. Ficarei feliz com sua contribuição.

Um abraço,

AnaP*

@pedecinderela

Comments

comments

Ana Paula Cândido

Prazer, meu nome é Ana Paula! Obrigada pela visita em meu blog :) Dúvidas, críticas ou sugestões? Fique à vontade para comentar. Ficarei feliz com sua contribuição e prometo que respondo rápido, ok?!