Visita à Constance!

Na semana passada eu estava em um parque diversão chamado Constance! É isso mesmo que você leu…rsrs

Para quem já me conhece sabe da minha paixão pela marca e no dia 13/05/19 tive o prazer de ser muito bem recebida por toda a equipe e conhecer a empresa e pessoas que fazem a marca acontecer.

O escritório onde funciona a empresa fica em Belo Horizonte/MG e possui atualmente 152 funcionários! Confesso que fiquei admirada, pois independente da marca em si, como administradora que sou, a visita valeu muito a pena. É muito legal ver uma empresa desse tamanho funcionando, harmoniosamente, com seus setores, departamentos, salas… tudo lá é muito bem cuidado, dá gosto de ver!

Sem contar a simpatia de todos! Em cada sala que passei fui muito bem recebida e algumas das meninas até mesmo já me conhecia por já ter lido meu livro. Sério, me senti a famosa!  Para me acompanhar em todos os setores, a escolhida foi a Aline, que foi muito fofa e batemos muito papo (dentro do possível né… mas a vontade era conversar o dia todo!). Ela é uma das responsáveis pelo setor de atendimento ao cliente e que escuta nossas lamúrias kkkk.

Thaphna (outra fofa!), eu e a Aline

A visita me foi permitida através do Marcelo Linhares, que esteve no evento de marketing digital Reload que foi promovido pelo Sebrae aqui em GV em 01/12/2018, em que o conheci a contei toda minha relação com a marca e a importância deles na vida de uma numeração especial. Recentemente até fui citada em um post dele no Linkedin que sinceramente, me fez chorar…

Mas voltando ao assunto…

Foi uma segunda feira muito feliz que tive e sou muito grata a todos pela oportunidade! 

E ainda tive a oportunidade de conhecer a Angela, a supervisora de Cuiabá que levou o livro para as lojas de lá. Obrigada pelo carinho!

E é claro que eu sai de lá com mais um par de sapatos, porque né, sou dessas… Sem contar a compra que eu já tinha feito no Shopping Contagem, na sexta. Saldo final da viagem: voltei para casa com 4 pares novos!

Eu na Constance do Shopping Contagem

Sem contar no outro que chegou no sábado aqui em casa… mas isso já e pauta pra outro post! #aguardem

 

Bjos,

AnaP.*

.

.

.

Posts relacionados

Se você gostou desse post, você também pode gostar:

Lojas online de calçados de numeração especial feminina

Numeração especial

Meu livro!

 

 

 

UM POUQUINHO SOBRE PROPÓSITO – by Marcelo Linhares (Constance)

“Quando você é citado como referência de propósito? Como que fica? No mínimo emocionada não é mesmo? rs”

A frase acima foi o que publiquei no LinkedIn acompanhada do repost da publicação de Marcelo Linhares em 02/04/2019 que vou reproduzir a seguir:

Marcelo e eu no evento Reload do Sebrae em 01/12/2018!

UM POUQUINHO SOBRE PROPÓSITO

Sempre achei balela esta história sobre “propósito”! 

Por uma razão, os “especialistas” para justificar qualquer coisa citavam de forma rasa: “falta um propósito”…

O termo ficou chato, e eu sempre me perguntava qual era o “propósito” das Lojas Americanas, principalmente em épocas de black friday, quando eu via um consumidor na fila abraçado com uma televisão!

Na Constance, meu “propósito” era manter o emprego das pessoas do meu time (e o meu, claro), afinal, comercializar sapatos pela internet não era algo que efetivamente transforme a vida de ninguém…

Mas a vida é um caixinha de surpresas, já dizia Joseph Climber…

E eu fui entender o que era este tal “propósito” 5 anos depois, em uma palestra em Valadares/MG, no final do ano passado!

Conheci a Ana Paula Cândido de Oliveira e ela me contou o que era ter “pé-grande” e usar sapatos de menino durante toda sua adolescência e como marcas, como a da Constance, que trabalham com grade especial a ajudaram a se encontrar.

Foram apenas 15 minutos de conversa e um livro foda autografado que ganhei(que eu li no aeroporto na volta) mas que transformou a forma como enxergava meu trabalho!

Obrigado Ana Paula Cândido de Oliveira, continue escrevendo e inspirando as pessoas com suas palavras! 

omni

 

Simplesmente surreal não é mesmo? Quando um propósito encontra o outro dá nisso! Parece clichê, mas é a mais pua verdade. Acho que depois disso percebo meu trabalho faz sentido e tem feito a diferença. E ainda vai fazer mais!

Acho que nem consigo comentar muito porque toda vez que releio esse texto eu fico sem palavras…

.

.

.

Bjos,

AnaP.*

 

Posts relacionados

Se você gostou desse post, você também pode gostar:

Meu livro: Confissões de uma numeração especial

Histórias de uma mulher que calça 42 – vídeo

Eu no Encontro com Fátima Bernardes

 

Lojas online de calçados de numeração especial feminina

Inaugurando o novo blog falando de moda eu trouxe um assunto que eu simplesmente não acredito que até hoje não tinha feito um post sobre isso. Não sei se todo mundo se lembra, mas citei na TAG 50 Fatos sobre mim aqui  e na explicação do nome antigo do blog aqui, eu calço 42. E por isso mesmo a minha vida não foi muito fácil até os dias atuais. Já passei muita raiva, tristeza e chorei bastante. Exageros à parte, posso dizer que hoje sim, após praticamente 10 anos de carência de mercado, eu tenho opção. Eu posso ter um sapato rosa de cetim, uma sapatilha de qualquer cor, e até mesmo uma anabela. E por isso mesmo vim compartilhar com quem também passa pela mesma situação:

titulo_lojasoline Continue lendo…