Sobre dançar Jazz

Há um ano atrás eu tomei uma decisão na minha vida, simples e fácil de começar, nem tão fácil assim de manter: cuidar do meu corpo e fazer alguma atividade física regularmente. Comecei a procurar opções e experimentar tudo que ainda não conhecia, fiz aulas experimentais de pilates, academia e até de balé. 

sobre dançar jazz

Minha 1ª foto com a turma

Foi então que a coisa começou a ficar engraçada, porque eu gostei da ideia do balé, mas várias pessoas ficaram rindo de mim porque eu era velha pra isso, falando que seria engraçado eu deste tamanho e desajeitada fazendo balé. Ao pesquisar a dança como atividade física, acabei conhecendo também o JAZZ, e ai a paixão me pegou mesmo. Achei aquilo bonito, sexy e charmoso. Pensei: é disso que eu preciso!  Digamos que o jazz é mais “agitado” que o balé e isso me chamou mais a atenção. #seráporque? Continue lendo…