A Síndrome do Próximo

Eu não sei se existe na verdade, mas acabei de inventar uma nova ‘síndrome’, que chamei carinhosamente de “Síndrome do Próximo”. Que é basicamente aquela ‘mania’ das pessoas de ao findar de algo, já pergunta pelo próximo. Arrumou namorado? Quando vai noivar? Noivou? Quando vai casar? Casou? Quando vai ter filhos? Nasceu o primeiro? Quando vem o segundo? Lançou um livro? Quando vai ser o próximo? E assim caminha a humanidade…

Continue lendo…


A dor do sábado à noite

A coisa funciona mais ou menos assim: você falava que não quer namorar nem nada. Falava inclusive que não queria casar. Até que arruma alguém. E fica 5 anos. E de repente se acostuma em ter alguém, independente se é, foi ou será amor. É comum. É rotineiro. É normal e pronto. Faz da vida. Tipo tomar café ou respirar. É como se aquilo sempre existisse na sua vida.

Continue lendo…