Procura-se um esposo

Oi. Tudo bem? Espero que o título desse post tenha sido atraente o suficiente pra te deixar curioso e querer entender que pessoa é capaz  de fazer um ‘anúncio’ desse. Ou mínimo, descobrir a história que está por trás dessa frase. Primeiramente já aviso que isso não é uma forçação de barra para um namorado atual fazer o pedido, até porque não existe nenhum namorado kkkkk. Então é um anúncio mesmo tipo classificado Ana?  Também não,  como eu já comentei no post Ser solteira, estou feliz assim. Do que vou falar afinal? Continue lendo e descubra!
capa_procuraseesposo

Apesar a proposta do blog ser um espaço para eu falar de tantos outros assuntos tais como livros, organização, decoração e moda, os posts mais comentados são esses em que eu sento aqui e fico divagando as minhas ideias, e muitas vezes mudando-as (e pagando língua). Então por esse motivo resolvi escrever esse post com um assunto tão polêmico: C A S A M E N T O! E sabe porque eu acho polêmico?! Porque é um tal de falar que “quem dá dentro quer sair e quem tá fora quer entrar”. Que coisa não?! rs

Acho que o mais me incomoda nesse assunto é ver como as pessoas casadas tentam nos incentivar a não casar! Poxa, então quer dizer que você não é feliz? Ou ainda aquelas que pra piorar fala: casa mesmo, se não der certo separa. Sinceramente, eu não fui educada para achar nada disso normal, mesmo tendo todos os motivos para achar que o casamento é uma instituição falida. Meu pai saiu de casa quando eu tinha 8 anos, e hoje minha mãe tem mais tempo de casamento do que teve com meu pai e está tudo ok assim. E mesmo assim eu escolhi  acreditar que casamento é pra sempre… sabe aquela frase épica, até que a morte os separe? Essa mesmo!

Buquê da Noiva

Um foto ‘polêmica’ por todo mundo adora brincar com quem pegou o buquê! rs

Eu sinceramente acho lindo a ideia do casamento ao pensar que a gente vai ter ao nosso lado um companheiro, um melhor amigo e um amor, ali, todo dia, toda noite. Uma pessoa para sonhar, inspirar, trabalhar, superar dificuldades e se divertir. E que juntos, seguindo a Deus vão superar as dificuldades do dia a dia, e do relacionamentos e construir uma família. Fala sério…é muito bacana!

Mas você vem e me fala assim: mas Ana, a convivência não é fácil. Eu sei! Mas ‘morrer’ sozinho também não deve ser. Porque eu sei que temos família, parentes, amigos, mas todo mundo sabe que chega uma hora cada um segue seu rumo… e não ter uma companhia não deve ser legal (a não ser que você sonhe exatamente isso, o que não é o meu caso).

Eu sei que existem casos e casos, e as vezes uma separação acaba sendo a solução para uma vida de sofrimentos. O que me incomoda atualmente é a cultura de achar que a solução de tudo é acabar o relacionamento, não fazer esforço, não ceder, e por ai vai. Gente, o ser humano é um bicho muito difícil de conviver. Se não houver diálogo e esforço mútuo, não tem nada que vai pra frente, nem casamento, nem amizade, nem mesmo relações profissionais. Ai fica todo mundo incentivando os outros a não engolir sapos e criando uma sociedade mais intolerante.

 Eu só sei que quando eu falo que eu quero me casar, é sobre o que diz essa música aqui que eu estou falando:

No fim das contas, eu acho que eu não sou a única pessoa que procura um esposo não, acho que tem muita gente já casada por ai que ainda está procurando um esposo ou esposa de verdade…

Um abraço,

AnaP.*

.

.

.

Posts relacionados

Se você gostou desse post, você também pode gostar:

Vaidade e a Pirâmide de Maslow

Reflexões sobre morar com a mãe aos (quase) 30

Saudades do Gui…

Reflexões sobre o look do dia

PS 1: Pra você que é casada/casado eu deixo um reflexão: será que você está fazendo sua parte e sendo uma/um companheira/o de verdade?! A sua vida hoje pode ser considerada um reflexo da música?
PS 2: E para nós solteiros, desejo que não seja a correria ou medo de ficar só nos faça entrar em um relacionamento sem que seja verdadeiro. E que como diz a música: ‘que nenhuma família comece em nenhum de repente’.

Comments

comments

Ana Paula Cândido

Prazer, meu nome é Ana Paula! Obrigada pela visita em meu blog :) Dúvidas, críticas ou sugestões? Fique à vontade para comentar. Ficarei feliz com sua contribuição e prometo que respondo rápido, ok?!