1º Post: Minha sapateira jeans

Bem, vamos lá! Como começar o primeiro post? Acho que explicando a escolha do tema, pode ser? rs

Resolvi começar o blog mostrando um “Faça você mesma” que eu fiz já faz um tempinho, mas até hoje é motivo de orgulho e parabenizações. Quando resolvi fazer isso, eu morava sozinha em uma kitnet, e todos os móveis do quarto eram da cor tabaco, e somente a sapateira era da cor marfim. E eu achava aquilo horrível, a sapateira se destacava muito, porém de uma forma feia. Então eu pensei: poxa, ela podia se destacar por outro motivo.

Já fazia um tempo também que eu estava juntando calças jeans que não dava mais para usar, mas que eu queria inventar alguma coisa com aquilo. Até que me veio a ideia: vou forrar a sapateira com o jeans! Tipo atoa né? “Ah, já que não tenho nada para fazer, vou colocar umas calças aqui (kkkkk)”. Confesso que não foi tão simples, mas também nem tão complicado.

Tive que tirar as portas para lixar e gastar um bom tempo nessa atividade (e muita poeira pela casa). A parte mais complicada é o planejamento, porque precisa definir por onde começar, e como terminar. Pode parecer que é só colar, mas não é! Se não pensar bem antes, corre o risco de ter que refazer, ou ficar mal feito. É tipo costurar sabe, as vezes a gente começa do avesso, para garantir que vai dar certo.

Enfim, o resultado vocês conferem nas fotos:

sapateira_materiais

>> A cola eu dissolvi em água, para 2 partes de cola, eu coloquei 1 parte de água.

sapateira_fazendo1

>>Primeiro eu lixei tudo em um dia, e só em outro que eu fiz o resto (para não cansar e acabar fazendo mal feito!)

sapateira_fazendo

>> Fui colando aos poucos para não enrugar.

>>Usei a espátula para fazer acabamentos nos cantinhos.

>> E nas partes “pesadas” (cós da calça) usei preguinhos para dar um reforço.

sapateira_final

>> Minha sapateira prontaaa!!! Linda não é mesmo??

sapateira_detalhes

>> Cada lado tem um jeans diferente!

E detalhe, os bolsos da frente ainda estão ótimos. É um ótimo lugar para pendurar os óculos, guardar dinheiro, ou simplesmente colocar uma florzinha!

Por dentro ela continuou marfim porque achei que não compensava o trabalho de forrar cada prateleira, e fora o risco de acabar estragando tudo. Hoje ela é também meu “ponto de apoio” no quarto, é ali que coloco a bolsa quando chego, ou quando troco bolsa para ir à festa e não levo tudo; revistas e livros que estou lendo, enfim, me ajuda muito a não bagunçar o quarto todo (a bagunça fica só nela!)

Espero que tenham gostado da minha arte.

Toda semana postarei algo novo por aqui, aguardem!

Um abraço, Anap.