Feliz Ano Novo! (pra mim!!!)

Como assim !?!! Tudo bem que o ano está passando rápido e quase chegando ao fim mas não é pra tanto né gente?!  kkkkkk

Então, como meu niver está chegando, quinta dia nove do dez, resolvi compartilhar com vocês uma das minas teorias malucas. Sim, eu sou uma pessoa cheia de criatividade, ideias e … teorias também ueh! #porquenão

Aniversário

Pra falar a verdade, eu não sei em que momento/idade eu passei a não achar tanta graça assim do Reveillon, aquele que todo mundo conhece, dia 31 de dezembro, o fim do ano comercial. Quando vai chegando o mês de dezembro, uma correria só, festas de fim de ano, natal em família, trânsito caótico, promessas e sonhos de um ano e uma vida melhor. Sinceramente, isso me cansa!! Podem me chamar de chata o tanto que quiserem, mas é a minha verdade hoje (se depois eu mudar de ideia, vai ser outra história).

Eu prefiro pensar que cada um tem seu próprio reveillon. E sabe quando ele aconteceu? Quando você faz aniversário! Pensa bem, no dia do seu aniversário é o dia que você realmente tem uma virada de ano, e uma nova idade se inicia. É ali que você faz uma reflexão da vida, revê alguns conceitos, percebe uma nova maturidade, toma consciência dos erros e acertos, pensa nas mudanças, e por ai vai… #blablabla

A ideia de comemorar o reveillon na virada do ano comercial me incomoda por ser parecida com o carnaval! Parece que todo mundo é obrigado a estar feliz com a ideia! Você não tem direito de estar triste ou desanimado, tem que comemorar! aeh!! #sqn.

E então você é obrigado a pensar em coisas para se realizar no novo ano, e todas as pessoas à sua volta também começam a pensar. Ai começa o ano, todo mundo animado para cumprir as promessas, e o tempo vai passando… janeiro, fevereiro, bla bla, nossa, já é inverno julho chegou, agosto, e setembro desandou tudo! O desanimo bate, e as promessas já passam a ficar de lado, para se tornarem promessas para o próximo ano.

Tudo bem, que eu tenho consciência de que há certas “promessas” que dependem do calendário comercial, como por exemplo um curso que você quer se matricular. Mas te garanto, que se você for analisar suas promessas, vai dar de cara com algumas muito atemporais e que depende mais de uma mudança de hábito do que qualquer outra coisa. E isso, você pode começar a qualquer momento. Porque eu vou entrar na academia no dia 16? É melhor esperar o mês virar! Porque começar uma dieta na quarta? Deixa pra segunda! Porque fazer aquela coisa chata agora? Eu posso adiar mais!

Está vendo?! É disso que eu esto falando! De aproveitar o aniversário para definir algumas mudanças em sua vida, que marcarão a sua nova idade.

E como desafio próprio, resolvi listar aqui minhas promessas para meus 28 anos:

  • Juntar dinheiro
  • Deixar o cabelo crescer (mais!)
  • Comprar um espelho para meu quarto
  • Conhecer uma cidade nova
  • Dar aulas
  • Entrar na aula de dança (essa depende do calendário porque já olhei!)
  • Participar de uma atividade na igreja
  • Pular de asadelta do Pico do Ibituruna
  • Escrever um livro
  • Dedicar/decidir sobre o blog

Bom, de qualquer forma, eu sou suspeita de falar sobre o assunto, porque amo fazer aniversário!! Gosto mesmo! Acho um máximo falar que um ano tem 365 dias e um deles é lembrado por pessoas à minha volta como o meu dia (e do meu tio, e da minha tia-avó…). Gosto de ganhar parabéns, abraços, desejos de coisas boas para minha vida! E quem não gosta de se sentir amado?

::

Então é isso pessoal! A postagem de hoje foi bem filosófica né?!Espero que tenham gostado…. e que venha + 365 dias!!

::

Um abraço,

Anap.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comments

comments

Ana Paula Cândido

Prazer, meu nome é Ana Paula! Obrigada pela visita em meu blog :) Dúvidas, críticas ou sugestões? Fique à vontade para comentar. Ficarei feliz com sua contribuição e prometo que respondo rápido, ok?!

Comentários

  1. […] Eu por exemplo relutei até o último minuto (dia pelo menos né) para não trazer esse assunto para blog, para não ser mais um lugar falando das mesmas coisas. Repeteco puro. Mas até que conversando com alguns novos amigos acabei pensando no assunto e me resolvi. Sabe de uma coisa, cansei de promessas! Elas nos prendem, nos fazem ficarem mal pelo não cumprimento e muitas vezes só servem para “encher linguiça”. Já falei algo parecido nesse post aqui. […]