Livro: Inferno

Olá pessoal!

O post de hoje está um pouco atrasado porque devia ter saído ontem, e não hoje… mas tudo bem, um dia de atraso só acho que estou perdoada né?

Hoje vim falar do livro que terminei de ler recente, o Inferno , do Dan Brown (já dava ter feito post antes #enrolada). Quem já conversou pelo menos um pouco comigo sobre livros sabe o quanto sou apaixonada pelos livros dele. Esse era o mais recente – nem tão recente assim – e ainda não tinha lido, os outros todos eu já devorei…#detalhe.

DSCF2414

Esse livro ele tem como personagem principal o Robert Langdon #professor #simbologista  e ele chamado às pressas pelas autoridades para ajudar a desvendar um mistério com base no seu conhecimento de simbologia  (assim como no Código da Vinci e no Anjos e Demônios).  Dessa vez o mistério foi baseado no livro a Divina Comédia, de Dante Alighieri, que descreve o inferno (daí o nome!), e todas outras obras de arte e arquitetura que se inspiraram nele.

DSCF2417

Como sempre, ele fala de assuntos polêmicos, e nesse livro não seria diferente. A polêmica aqui gira em todo da superpopulação e do crescimento descontrolado da polução. O vilão cria uma “peste” para ajudar a diminuir isso. Segundo ele, se não houver intervenção, em menos de um século nossa população será extinta, pois o planeta não suportará mais tanta gente!

DSCF2418

Assim, começa a saga da Robert e seus companheiros (OMS, curadores de museu, uma moça bonita e inteligente #comosempre, e etc.) Eles vão descobrindo os caminhos a seguir para encontrar onde a tal peste foi escondida através de um poema deixado pelo vilão. Sempre como muito suspense e surpresas!! Adoro a forma como o Dan Brown explica tantas obras de arte/arquitetura através desse “desvendar” de mistérios. Cada passo, cada porta, cada quadro, cada coisa no mínimo detalhe! Tudo é super explicado, de uma forma que não fica parecendo aula de história.

Até mesmo algumas coisas que falamos no dia a dia, que muitas vezes não conhecemos a origem, aprendemos ali! Por exemplo, alguém ai sabe a origem da expressão “deixar em quarentena” ?? Bem, eu não sabia, e achei muito legal! E nem adianta pedir que não vou contarrrr, se quiser saber vai ler o livro!! hahahahah Ou você também pode dar um google, mas ai não tem graça, neh!

 

Enfim! Se deixar vou escrever outro livro do tamanho do Inferno (443p.) falando o quanto eu gosto de Dan Bronw. Adoro a forma que ele cria o suspense e suas pequenas pitadas de humor. Então, só pra finalizar vou deixar um trecho super rápido que achei muito #legal #fofo #engraçado:

” – Robert, achei que você estudasse história mundial.

– E estudo, mas o mundo é grande e a história é longa. Uma ajudinha seria bem vinda.” p. 315

Espero que tenham gostado!

Abraços, Anap.

 

p.s. será que esse livro também vai virar filme?! Ai… adoraria ver!! #soufã

Comments

comments

Ana Paula Cândido

Prazer, meu nome é Ana Paula! Obrigada pela visita em meu blog :) Dúvidas, críticas ou sugestões? Fique à vontade para comentar. Ficarei feliz com sua contribuição e prometo que respondo rápido, ok?!